24/02/2015 às 15:43 - Atualizado em 18/02/2016 às 20:54

A difícil tarefa do reequilíbrio fiscal

O presidente da CNC, Antonio Oliveira Santos, assinou artigo no dia 12/02, no Jornal do Commercio (RJ), intitulado a difícil tarefa do reequilíbrio fiscal, no qual destaca na abertura: “O ano de 2015 será um tempo de purgação para corrigir os erros que nos últimos anos marcaram a má condução da política econômica. A purificação da economia brasileira requer, em face dos ‘déficits gêmeos’, o fiscal e o externo, rígido controle do gasto público e livre flutuação do câmbio. E mais, um realinhamento de preços relativos, em especial tarifas dos serviços públicos, o que significa impor ao País um período de ‘inflação corretiva’. Na busca de confiabilidade através do cumprimento da palavra empenhada, fica muito difícil alcançar a meta de inflação de 4,5%, em 2016.”

 

Oliveira Santos mostra que há fortes indícios de contração comparativamente ao resultado estimado para 2014, que aponta para uma taxa próxima de zero refletindo a estagnação, ou melhor, a ausência de crescimento econômico. Ele destaca outros fatores, como as crises hídrica e elétrica que são, no curto prazo, fatores limitativos da expansão dos níveis atuais de produção e as vicissitudes que assolam a Petrobras, que também apontam na direção de um declínio da atividade econômica.

Sobre o Sindicato

Sindicato das Empresas de Asseio e Conservação do Estado do Ceará

  • Endereço:
    Av. Santos Dumont, 1687 - Ed. Santos Dumont Center - salas 701/702 - Aldeota
  • CEP: 60150-160
  • Processo: 809
  • Telefone(s):(85) 3264-4124 e 3264-4201
    Fax:(85) 3264-4124 e 3264-4201
  • Email contato: seacec@seacec.com.br
  • Presidente:
    PAULO CÉSAR BALTAZAR VIANA